SD retira pré-candidatura de Luziel e em vídeo ele ataca direção do partido

O advogado e assistente social Luziel Carvalho gravou um vídeo, no começo da tarde desta segunda-feira (13), no qual denuncia uma suposta manobra da executiva estadual do Solidariedade (SD), que o retirou da disputa pela prefeitura de Rio Branco. Aos prantos, Luziel afirmou esperar uma intervenção da nacional do partido no estado.

“Fizeram uma reunião da executiva municipal sem me ouvir. Me condenaram, retirando minha pré-candidatura. Sem justificativa nenhuma plausível pra isso”, diz ele no vídeo.

Luziel responsabiliza o presidente da sigla, Israel Milani, e a mãe dele, a deputada federal Vanda Milani, pela decisão.

“Não é justo o que fizeram comigo”, disse ele, afirmando ter 9,5% das intenções de voto para prefeito da capital.

A um possível interventor, Luziel pretende contar que a sigla é tratada como um “quartel onde não se discute, onde se é julgado e condenado sem ter o direito à ampla defesa”.

Ele promete ocupar a sede do Solidariedade até que seja ouvido pela executiva municipal.

“Se for preciso, farei greve de fome”, promete no vídeo.

No começo deste mês, Luziel Carvalho foi alvo de uma nota de repúdio do próprio partido após atacar a conduta do vice-governador Major Rocha (PSDB). Segundo postagem feita por ele na rede social Facebook, enquanto o governador Gladson Cameli estava em Brasília em busca de recursos para o combate à pandemia, Rocha usava o Palácio Rio Branco para fazer a reunião que aplainou seu caminho até a presidência municipal do PSL.  

Assista ao vídeo divulgado por Luziel clicando aqui.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB