Para agradar Rocha, SD ‘puxa orelha’ de Luziel após postagem ‘acintosa’

Por essa Luziel Carvalho, pré-candidato a prefeito de Rio Branco pelo Solidariedade (SD), não esperava: ele foi alvo de uma nota de repúdio do próprio partido após atacar a conduta nada republicana do vice-governador Major Rocha (PSDB).

Segundo postagem feita por Luziel nesta quinta-feira (2), na rede social Facebook, enquanto o governador Gladson Cameli estava em Brasília em busca de recursos para o combate à pandemia, Rocha usava o Palácio Rio Branco para fazer a reunião que aplainou seu caminho até a presidência municipal do PSL.   

Na publicação sobrou até para o ex-comandante da Polícia Militar do Acre, coronel Ulysses Araújo, que se despediu do governo no mesmo instante que a nacional do PSL sacramentou o ingresso de Rocha em suas fileiras.  

“(…) o que me chamou atenção foi a participação [no encotnro] do comandante geral da Polícia Militar do Acre coronel Ulysses Araújo”, diz ele no texto, para em seguida indagar: “Você cidadão já está se sentindo totalmente seguro que não precise mais que o comando da polícia militar do Acre ao invés de desenvolver estratégias de segurança pública, fique fazendo política?”.

Os termos de Luziel desagradaram à cúpula do seu partido, que em nota de repúdio não foi nada solidário com o correligionário. No texto, o presidente do SD, Israel Milani, chamou a postagem de Luziel de “acintosa”, “desrespeitosa” e “intolerante”.

Confira o post de Luziel e em seguida a nota de repúdio do partido:

Major Rocha: e a saga pelo poder!

Quero chamar a atenção de toda a sociedade acreana e sobretudo a população de Rio Branco. Para o que entendo, ser um fato grave o que ocorreu no dia de ontem 01 de Julho do corrente ano, inclusive noticiado por praticamente todos os veículos de comunicação local. Uma reunião no interior do Palácio Rio Branco, onde o vice Governador recebeu o deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP) que também é Vice Presidente nacional do PSL, tendo como participante desta reunião várias outras pessoas, mas o que me chamou atenção foi a participação do comandante geral da polícia militar do Acre coronel Ulysses Araújo.

A pauta da reunião conforme as matérias veiculadas eram exclusivamente para tratar de (estratégias políticas) sobre a ida do vice-governador e do comandante da polícia militar do Acre para a nova sigla PSL. Que como desdobramento ocorreu no dia de hoje a entrega de uma carta de despedida do coronel Ulisses, deixando o comando da PM/AC.

A Pergunta que fica é. Você cidadão já está se sentindo totalmente seguro que não precise mais que o comando da polícia militar do Acre ao invés de desenvolver estratégias de segurança pública, fique fazendo política? Porque ontem no horário desta reunião o coronel Ulysses Araújo ainda respondia pela nossa polícia militar.

Para o vice governador deixo o seguinte questionamento. Enquanto o Governador Gladson Cameli está em Brasília lutando por recursos e melhorias, para o enfrentamento da Pandemia advinda do COVID-19 que assola o nosso Estado. É justo ele na condição de governador em exercício Major Rocha usar a estrutura do Governo (palácio Rio Branco) para fazer reunião partidária?

Em contradição a estes fatos, no dia de ontem o Acre já registrava 32.164 Notificações; 13.715 casos confirmados e 370 óbitos Pelo COVID-19.

Pergunto para você leitor, que ainda sente a dor pela perca de um familiar ou até mesmo um amigo. Você aprova essa conduta do vice governador?

Todos nós sabemos que a única preocupação do Major Rocha é tentar a qualquer custo se perpetuar no poder, mesmo que para isso, represente sua unificação com uma das principais figura de ESQUERDA, o Ex-reitor da UFAC, que é seu candidato nas eleições deste ano.

Como é público e notório que seu candidato é na verdade um ESQUERDISTA desfaçado, pois foi um dos fundadores de um projeto de poder da esquerda no Acre por 20 anos, e, por não estarem conseguindo agregar partidos de direita para esta campanha, chega a ser desesperador o modus operand que o vice governador pratica, buscando na velha política do tapetão, destituir a diretoria do PSL local e tomar a sigla, levando-a para apoiar um esquerdista de carteirinha, que se projetou na UFAC com a ajuda de aliados ideológicos e depois por pura conveniência, os abandonou.

A população de Rio Branco precisa ficar atenta e observar que essas práticas da velha política não pode mais se perpetuar. É hora de apostarem em novas lideranças! Que verdadeiramente estejam comprometidas com o povo.

Para concluir, deixo meu questionamento ao Ministério Público Estadual. Se pode o vice governador utilizar a Estrutura do Estado para traçar estratégias políticas juntamente com outros gestores Públicos, pagos inclusive por mim como cidadão e pelos demais contribuintes?

Para comprovar tudo que foi mencionado nesta pequena reflexão deixo os links das matérias abaixo.

Luziel Carvalho é Assistente Social; Advogado; Especialista e Pré-Candidato a prefeitura de Rio Branco.     

Nota de Repúdio do Solidariedade

Por considerar que o partido SOLIDARIEDADE no Acre faz parte da base do governo, a iniciativa do senhor Luziel Carvalho, pré-candidato a prefeito de Rio Branco, pelo SOLIDARIEDADE, que em matéria divulgada nas redes sociais nesta quinta-feira (2) garante entrar com processo por improbidade administrativa contra o vice-governador Major Rocha, é considerada acintosa, em nada contribui com a política de coalizão;

Por considerar as diretrizes doutrinárias do SOLIDARIEDADE que presa pela construção do diálogo, liberdade política e na consagração dos princípios democráticos; tal declaração sem consulta aos diretórios municipal e estadual foi desrespeitosa;

Por considerar que o vice-governador Major Rocha vem contribuindo e muito com as políticas públicas de desenvolvimento do estado; tendo uma relação republicana com o SOLIDARIEDADE;

O presidente da executiva estadual do SOLIDARIEDADE no Acre, Israel Milani, vem à público refutar a declaração do senhor Luziel Carvalho; considerada intolerante no plano da disputa democrática;

O SOLIDARIEDADE reafirma o compromisso de continuar pactuado alianças no sentido de ajudar o governo do Acre a se desenvolver, ao mesmo tempo em que, reforça o respeito pelo vice-governador do Acre, Major Rocha.

Israel Milani

Presidente da Executiva Estadual do SOLIDARIEDADE-AC

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB