Acisa critica recomendação do MP para que comércio continue fechado

A diretoria da Associação Comercial (Acisa) se posicionou nesta quinta-feira (11) sobre a recomendação feita na quarta (10) pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério e Público Estadual (MPE) quanto à manutenção dos decretos do governo do Acre que mantêm a maior parte do comércio de portas fechadas. Os empresários lamentaram a iniciativa do MP, por não considerar que ela seja a ‘melhor alternativa para todos’.

Segundo a entidade empresarial, o estado já perdeu 30% de arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) devido à paralisação das atividades produtivas, em decorrência das medidas de prevenção ao coronavírus.     

O presidente da Acisa, Celestino Oliveira, cita o clamor dos empresários de todo o Acre por uma solução que os livre da falência – e ao estado do total colapso financeiro.

“Desde o começo venho defendendo a reabertura consciente do comércio. Acompanho de perto a situação de empresas em todo o estado”, disse ele.

Para o presidente da Acisa, o conselho formado pelo governo estaria focado ‘apenas no centro da cidade e proximidades’, o que não revela aos conselheiros do governador Gladson Cameli a real situação das pessoas na periferia. “Decretar é fácil, difícil é criar políticas públicas que possam dar condições para aqueles que não tem como se manter em casa, para que tenham o mínimo para sobrevivência: o alimento”, argumentou.  

Celestino Oliveira criticou ainda os representantes do MPF e MPE.   

“Durante 90 dias não tivemos intervenção para que o governo ampliasse o SUS, assim como não atuaram para que a ajuda financeira chegasse às mãos de autônomos e empresas”, disse ele.

Acisa é o 2º maior arrecadador de alimentos para doações

A assessoria de imprensa da Acisa enviou comunicado aos jornais nesta quinta afirmando que a Acisa, depois do governo do estado, é o maior arrecadador de alimentos para doações a famílias carentes.

“Solidários às milhares de famílias que estão enfrentando este período de pandemia, sem recursos e sem ter o que comer, a Acisa realizou campanhas de arrecadação neste período em que o comércio está fechado”, diz a nota.

A entidade afirma ter conseguido arrecadar 60 toneladas de alimentos para doação nesse período de pandemia.

Com informações da assessoria de imprensa da Acisa

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB