Diário Oficial publica ‘festival’ de exonerações no governo Cameli

Meias-palavras não bastam?

As declarações do governador Gladson Cameli sobre a sua participação nas eleições de outubro deste ano não deixam dúvida quanto à disposição da cúpula do Progressistas em desempenhar o papel de protagonista. Ou governa ou faz política, avisou. Só o deputado José Bestene e seus abnegados apoiadores não entenderam o recado.

Querer não é poder

Com o MDB tendo anunciado o nome do deputado Roberto Duarte Jr. para concorrer à prefeitura de Rio Branco, e o PSDB a dar carona ao ex-reitor da Ufac Minoru Kimpara, os dois principais aliados do governo querem o Progressistas a reboque nestas eleições.

Freio de mão

Após a melancólica despedida do engenheiro Thiago Caetano do staff do governo, o pré-candidato Luziel Carvalho arrefeceu os ânimos.

Devagar com o andor…

Se antes Luziel dava entrevista política até em velório, agora ele se finge de morto. Das duas, uma: ou ele viu que não tem como concorrer com Bestene dentro do PP, ou a crueza do destino de Caetano lhe bastou para entender que, no atual governo, o santo de casa é sempre de barro.

Bolada

O conselho político montado por Gladson já começou a desencadear críticas nas redes sociais. Ainda na terça-feira (10) uma internauta fazia as contas de quanto vão nos custar os sete conselheiros do governador. Uma bolada, segundo a postagem.  

Se conselho fosse bom…

Ainda sobre a turma de notáveis, é interessante constatar que ela é formada, em sua maioria, por quem, após perder as eleições – seja recentemente, seja em priscas eras –, não conseguiu mais retornar ao poder.

Foto: reprodução

Esqueceram de mim

A propósito, ninguém mencionou, mas este escriba percebeu a ausência do nome do jornalista Nelson Liano Jr. no decreto de nomeação dos conselheiros.

Canetada

Nada menos que 17 pessoas foram alvo da caneta do governador Gladson Cameli. Os decretos de exoneração estão publicados no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (12).  

Foto: reprodução

Dança das cadeiras

Entre os que se despedem da gestão estão pelo menos dois integrantes do Iapen (Instituto de Administração Penitenciária do Acre). Na lista consta ainda o nome do jornalista Rutembergue Crispim. Ele ocupava o posto de chefe de Gabinete de Gladson.

Santo quer reza

Pela movimentação do senador Sérgio Petecão (PSD) sempre que desembarca no Acre, se pode vislumbrar sua participação nas eleições de 2022, como candidato a governador.

Da República

Já o emedebista Marcio Bittar concentra esforços e se destaca por sua atuação em Brasília.  

Foto: reprodução

Doril

E para não dizer que não falei das flores, a senadora Mailza Gomes (Progressistas) pisou no freio após assumir o mandato de Cameli e protagonizar uma extensa agenda de ações parlamentares. Tomou Doril.

Direto de direita  

Ao cogitar uma candidatura a vereador do ex-prefeito Marcus Alexandre, o PT continua a acusar o golpe que lhe foi desferido nas urnas, na última eleição.   

Terreno baldio

Sem ter ouvido ainda da prefeita Socorro Neri (PSB) uma resposta à sua intenção de formar aliança, a sigla segue a caminhar sem rumo em direção ao pleito de outubro.  

Insensatez

E por falar em PT, a afirmação de que o ex-senador Jorge Viana teria optado pela carreira de youtuber por lhe faltar espaço na disputa à prefeitura de Rio Branco é inconcebível.

Desce

As próximas pesquisas, creio, devem apontar decréscimo nas intenções de voto no pré-candidato tucano Minoru Kimpara. A campanha sistemática contra ele nas redes sociais, associando-o ao PT, foi massacrante.  

Sobe?

Encabeçada principalmente pela turma do MDB, a sova digital poderá se mostrar inócua – caso o percentual de votos em Roberto Duarte Jr. não cresça na medida inversa do hipotético declínio do ex-reitor.

Marinheiro de primeira viagem

Tem deputado novato falando pelos cotovelos na Assembleia Legislativa. E quem fala demais sempre dá bom dia a cavalo.

Termômetro

Após 14 meses de mandato de Gladson Cameli, o apoio popular à sua gestão míngua a olhos vistos. Basta conferir os comentários sobre política nas redes sociais.

Bom de mira

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (Progressistas), deu mais um tiro no pé ao declarar sua intenção de reconduzir a irmã, Ildelcleide Cordeiro, e Paulo de Sá, aos cargos de chefe de gabinete e secretário de Comunicação, respectivamente. Ambos foram presos durante a Operação Presságio, da Polícia Federal.

Foto: reprodução

Guerra da informação

Tão logo divulgado que o Progressistas havia escalado, no começo da semana, o vice Zequinha Lima para disputar a eleição no lugar de Ilderlei, os apoiadores deste último fizeram mira contra o jornal que ‘manchetou’.

Acre 40 graus  

Repercutiu em um grupo do aplicativo WhatsApp a matéria publicada pelo oacreagora.com sobre o furto de medicamento no Hospital da Criança. Participantes do referido grupo põem sob suspeição as constantes panes nos equipamentos da Fundação Hospitalar. Todos novos, segundo os comentários.      

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB