Valtim diz que exoneração da Emater tem a ver com sua lealdade a Bocalom

O governador Gladson Cameli exonerou, nesta sexta-feira (2), Valtim José da Silva do comando da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Para Valtim, a decisão está relacionada à sua lealdade a Bocalom.

Tião Bocalom concorre à prefeitura de Rio Branco pelo Progressistas. Gladson apoia Socorro Neri (PSB) à reeleição.

“Saio de cabeça erguida e com o sentimento de dever cumprido”, disse ele ao oacreagora.com, acrescentando desejar êxito ao sucessor. O posto passa ser ocupado por Rynaldo Lucio dos Santos.  

Valtin afirma deixar a Emater com R$ 3,2 milhões em recursos licitados para compra de equipamentos e outros R$ 3,5 milhões em caixa. Há ainda, segundo ele, R$ 800 mil para modernização do programa de agricultura familiar.

“São recursos conquistados por nós em Brasília e na Suframa”, acrescentou.

Sobre a decisão de Cameli, ele disse ainda que o cargo que ocupava no órgão é de natureza política.

“Cabe ao governador decidir quem permanece nele”, concluiu.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB