Trabalhadores dos Correios encerram greve no Acre após decisão do TST

O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect-AC) encerrou, nesta terça-feira (22), a greve que já durava 36 dias. A presidente da entidade sindical, Suzy Cristiny, afirmou que a categoria retornará ao serviço normalmente.

Uma determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), tomada nesta segunda-feira (21), pôs fim à paralisação. O TST aprovou reajuste de 2,6% para os funcionários e manteve 29 das 79 cláusulas do acordo coletivo revogadas unilateralmente pela empresa – o que gerou a greve.

Esses pontos tratavam, entre outras questões, de valores referentes a auxílio alimentação, férias, salários, plano de saúde e fundos de pensão. Elas deveriam ser praticadas na sua totalidade até o fim de 2021, conforme pacto firmado entre governo e trabalhadores.

Os servidores voltam ao serviço descontentes com a decisão do TST. Eles pleiteavam o retorno de todas as cláusulas e a interrupção do processo de privatização da estatal, colocada em curso pelo governo federal.

Suzy Cristiny criticou o reajuste de 2,6%, à qual se referiu como uma ‘reposição irrisória’, incapaz de compensar as perdas da categoria. O Sintect pleiteava 5%.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB