Senado faz debate sobre uso de ‘tratamento profilático’ para covid-19


O Senado fará na segunda-feira (15), às 10h, uma sessão de debate temático para tratar do uso de “tratamento profilático” no combate à covid-19. O requerimento (RQS 841/2021) foi apresentado pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE) e teve apoio de outros parlamentares. Eles querem discutir com especialistas a adoção de medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina, entre outros. 

De acordo com a assessoria do senador, já estão confirmadas a participação de Nise Yamaguchi, médica oncologista e imunologista; Paulo Porto de Melo, neurocirurgião cerebral e da coluna; Ellen Guimarães, cardiologista; Donizetti Dimer Giamberardino Filho, primeiro vice-presidente do Conselho Federal de Medicina; Clóvis Arns da Cunha, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia; André Siqueira, infectologista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); e o deputado Luiz Ovando (PSL-MS), médico. 

Durante sessão remota na terça-feira (9), Girão afirmou ter indicado médicos favoráveis e contrários ao chamado tratamento profilático. O senador disse que conversou com vários colegas senadores e com vários especialistas que divergem em relação ao “tratamento que tem trazido esperança para as pessoas, sem esquecer o bom senso de usar máscara e de fazer o distanciamento”. 

Girão também registrou a importância da vacina. O objetivo do debate, segundo o senador, é buscar “a verdade sobre esse tema, com muita harmonia”.

— Uma coisa não anula a outra. Numa guerra, como essa que estamos vivendo, precisamos de todas as armas, com bom senso, com base na ciência — afirmou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB