Revalida: Petecão foi o único senador acreano a votar contra veto de Bolsonaro

Pernas curtas

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) Cesário Campelo Braga, assinou nota em que, entre outras coisas, acusa o ex-reitor da Universidade Federal do Acre Minoru kimpara de mentiroso. O que motivou a nota petista foi uma entrevista concedida pelo pré-candidato tucano a prefeitura de Rio Branco em que ele afirma ter saído do PT devido aos escândalos de corrupção protagonizados pelo partido.

Major Rocha

A nota emitida pelo PT aproveita para citar políticos tucanos que, segundo ela, já se envolveram em escândalos: Aécio Neves, José Serra, Gerado Alckmin, Beto Richa e o vice-governador do Acre Major Rocha.

Ghelen cobra nomes

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado estadual Ghelen Diniz (PP), cobrou do deputado estadual Fagner Calegário (PL) os nomes das pessoas do governo que estariam cobrando comissão dos empresários em troca de pagamentos atrasados. “O deputado falou de corrupção, eu esperava os nomes e provas, não só eu, mas toda a população está esperando”, disse.

Ghelen Diniz cobra nomes de Calegário. Imagem/internet

Mentiroso

Segundo Ghelen, a acusação de Calegário foi grave demais e caso ele não cite os nomes dos envolvidos passará por mentiroso. Com a palavra o deputado liberal Fagner Calegário.

Caiu mais um

Mais uma baixa no primeiro escalão do governo estadual. O exonerado do dia é o professor Carlito Cavalcante. Carlitinho não responde mais pelo Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação dos Serviços Ambientais – IMC. 

Carlitinho foi exonerado nesta quinta-feira (5). Imagem/internet

Lamento de Alan Rick

O deputado federal Alan Rick (DEM) lamentou a decisão da maioria dos senadores que votou pela manutenção do veto ao Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira).

A luta continua

Alan Rick tem lutado incansavelmente pela causa dos estudantes de medicina formados fora do país. “É triste ver que o corporativismo, a reserva de mercado e a mentira venceram. Mas vamos em frente. A nossa luta continua”, lamentou.

Votos dos senadores acreanos

O senador Sérgio Petecão (PSD) votou pra derrubar o veto de Bolsonaro. A senadora Mailza Gomes (PP) votou para mantê-lo e Márcio Bittar (MDB) não votou por estar de licença médica.

Bolsonaro corre contra o tempo

Faltando menos de um mês para o fim do prazo de criação de novas legendas, o Aliança pelo Brasil, partido em construção do presidente Jair Bolsonaro, está longe do número mínimo de assinaturas necessárias para a sua criação.

Presidente precisa correr contra o tempo. Imagem/internet

Assinaturas

Até esta quinta-feira (5), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia analisado mais de 20 mil apoiamentos do partido, dos quais 6.741 foram considerados aptos e 14.501 inaptos. Há ainda 54.322 em prazo de análise. Para ser criado, o Aliança precisa apresentar 492 mil assinaturas válidas, em no mínimo 9 estados. A data limite é 4 de abril.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB