Psicólogo comemora o fim da primeira etapa do Projeto Sentinela em Feijó

O psicólogo acreano Edy Bastos usou suas páginas nas Redes Sociais para comemorar o fim da primeira etapa do Projeto Sentinela no município de Feijó nesta sexta-feira (6). O projeto tem como objetivo principal alertar e orientar os professores do estado e do município sobre a questão da violência sexual e abusos contra crianças e adolescentes.

O Projeto Sentinela foi idealizado por Bastos, mas não seria possível tirá-lo do papel se não fosse a parceria com o Ministério Público do Acre (MPAC) e da dedicação e empenho do promotor de justiça Daisson Gomes Teles.

Nesta primeira etapa foi formulado um questionário para todos os professores estaduais e municipais, para diagnosticar qual o conhecimento deles sobre a questão da violência sexual contra crianças e adolescentes. “Começamos no mês de fevereiro a participar dos planejamentos dos professores, apresentando para eles o projeto e a sua importância”, disse Bastos à reportagem de oacreagora.com.     

O psicólogo diz que agora será feita a tabulação dos questionários para definir o que os professores não estão entendendo sobre o funcionamento do projeto. Em seguida será criada uma capacitação pautada nesses pontos fracos.

“A metodologia vai ser essa. Para ampliar o olhar dos professores para que eles possam identificar dentro de sala de aula possíveis situações de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes”, concluiu Edy Bastos.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB