PF cumpre mandados na Aleac; Justiça suspendeu 10 servidores da Casa

A Polícia Federal cumpre 25 mandados de busca e apreensão na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quinta-feira (22). O alvo são servidores e ex-servidores. A Justiça também suspendeu a atividade pública de 10 funcionários da Casa.

Segundo a PF, a operação apura suposta fraude em licitações de publicidade do Legislativo estadual, com a participação de gestores que teriam aliciado servidores públicos para que impedissem a atuação dos órgãos fiscalizadores.

Em nota, a PF afirmou que “Com o aprofundar das investigações, verificou-se que tais membros da organização criminosa também praticavam diversos outros crimes dentro da Assembleia Legislativa, como ‘rachadinhas’, contratação de ‘funcionários fantasmas’, concessões indevidas de passagens aéreas, entre vários outros”.

A Aleac informou que só vai se posicionar sobre a operação desta quinta após orientações dos advogados da Casa.

Os alvos da operação responderão pelos crimes de organização criminosa, peculato, corrupção passiva e ativa e fraude às licitações.

Cerca 100 policiais federais participam da ação.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB