Paim pede medidas urgentes contra desemprego e miséria


Em pronunciamento nesta quinta-feira (11), o senador Paulo Paim (PT-RS) pediu a adoção de medidas urgentes para combater o desemprego e a miséria que se abatem sobre muitos brasileiros. Ele destacou que, segundo o IBGE, a taxa de desemprego atual é de 14,6%, o que representa 14,1 milhões de desempregados. O parlamentar disse que há especialistas que consideram que o número de pessoas sem trabalho seria de até 20 milhões.

Paim lembrou que entre os jovens de 18 a 24 anos essa taxa é de 31,4% e que, entre mulheres e negros, a situação de desemprego também beira o caos. Falou igualmente sobre os problemas existentes na indústria e o fechamento de inúmeras micros e pequenas empresas.

O senador petista considerou pequenos os investimentos em educação, saúde, ciência e tecnologia e agricultura familiar, entre outros setores, levando-se em conta que o país precisa gerar postos de trabalho com qualidade.

Paim disse que a reforma tributária é indispensável e apesar de estar sendo discutida há trinta anos ainda não foi realizada. Ele apontou outras medidas que, na sua opinião, deveriam ser adotadas de maneira urgente.

— De imediato é preciso manter o auxílio emergencial  oxalá chegue a R$600,00 , regulamentar a lei da renda básica da cidadania, retomar a política de valorização do salário mínimo. É uma questão humanitária  disse.    

Por último, o senador afirmou que não há um projeto para o país e que o governo federal está atrapalhado, perdido e sem rumo” em meio à crise.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB