Nomeado para a Saúde foi condenado por desvio de recursos da Funasa

Nomeado pelo governador Gladson Cameli para cargo em comissão na Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), o ex-prefeito de Porto Walter Vanderlei Messias Sales, irmão de Vagner Sales, foi condenado pela justiça por desvio de recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Vanderlei vai receber salário de R$ 7 mil, relativo a uma CEC-7.

O site do Tribunal de Justiça do Acre informa que o ex-prefeito foi condenado por improbidade administrativa em 2015, pela 1ª Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul. Segundo o texto, ele e o ex-secretário de Finanças do município foram responsabilizados pelo sumiço de R$ 124 mil recebidos da Funasa para a construção de um sistema de abastecimento de água, o que não ocorreu.

Além de terem de devolver o valor aos cofres municipais, Vanderlei e Antônio Luiz Bento de Melo tiveram cassados seus direitos políticos por um prazo de 5 anos.

O TJAC informou, à época, que os réus poderiam recorrer da decisão.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB