Nem mesmo o coronavírus conseguiu serenar os ânimos em Cruzeiro do Sul

Dada a largada

Com a nova composição partidária na Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, onde o MDB de Wagner Sales ficou com 7 vereadores e o PP do prefeito Ilderlei Cordeiro com 6 (o PDT ficou com 1), foi dada a largada rumo a prefeitura do município. Ali o jogo é bruto e tudo que estiver abaixo do cabelo é canela.

Cooptação

O prefeito Ilderlei Cordeiro acusa Wagner Sales de ter “cooptado com propostas indecentes” os vereadores. Sales por sua vez, diz ter 21 pré-candidatos fortes na chapa que tem como candidato a prefeito o seu filho Fagner Sales. Na “capital do Juruá” nem a pandemia do coronavírus sossegou a turma. Ali o jogo já começou.

Apadeq

O presidente da Associação dos Parentes e Amigos dos dependentes Químicos (Apadeq), Antônio Balica, se filiou ao MDB para disputar uma vaga na Câmara Municipal de Rio Branco nas eleições deste ano.

Experiência

Toninho, como é popularmente conhecido, não é um novato em eleições. Ao contrário. Participou ativamente de todas as campanhas do ex-vereador e deputado estadual Donald Fernandes.

Legado

E é justamente com a mesma bandeira política e pela mesma causa de Donald Fernandes que Toninho decidiu sair de trás dos holofotes para ser protagonista nesta campanha: o tratamento e prevenção dos dependentes de substâncias psicoativas.

Antônio Balica é pré-candidato a vereador / Foto: internet

Boa sorte

Conheço o Toninho há muitos anos. Sei que é um sujeito do bem e profundamente dedicado a causa que defende. Desejo-lhe boa sorte na caminhada.

Blefe

Até a última contagem, Rio Branco tinha aproximadamente 10 pré-candidaturas a prefeito. Por experiência de quem já frequentou os bastidores da política acreana por quase duas décadas, afirmo sem medo de errar: tem muito partido lançando candidatura majoritária para poder barganhar a vaga de vice quando as tratativas se afunilarem. Podem anotar.

Bocalom

Caso se confirme a pré-candidatura de Sebastião Bocalom pelo PP, com a “benção” de Gladson Cameli, o tabuleiro das eleições muda significativamente. Bocalom não é candidato de oba-oba como muitos que estão surgindo a cada dia. Tem grupo, potencial e voto.

Bocalom pode ser candidato a prefeito pelo PP / Foto: internet

Tem lado

Goste ou não do seu estilo, o que não se pode negar é que Bocalom é um político que tem lado. Nunca foi de ficar em cima do muro como muitos. Dá a cara para bater.

Desidratando

A pré-candidatura de Minoru Kimpara (PSDB) vem desidratando a cada dia. Ao contrário de Bocalom, Kimpara é um político com vários lados. Já foi presidente do PT, candidato a senador pela Rede Sustentabilidade e desembarcou há alguns meses no ninho tucano. Não é possível traçar um perfil ideológico que o defina.

Minoru é pré-candidato pelo PSDB / Foto: internet

Artêmio liberal

No apagar das luzes, aos 44 minutos do segundo tempo, o vereador Artêmio Costa trocou o Partido Socialista Brasileiro (PSB) pelo Partido Liberal. Uma profunda mudança na concepção ideológica: de socialista à liberal. É o pragmatismo político-eleitoral mais uma vez se sobrepondo a ideologia política.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB