Mara Gabrilli pede mais empatia com mulheres que sofrem abusos


Em pronunciamento nesta quarta-feira (18) a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) pediu mais empatia com as mulheres que sofrem abusos, violência e estupro. Ela condenou a atitude machista de culpar as vítimas e não os agressores.

A parlamentar lamentou que o Brasil seja um dos países do mundo onde mais mulheres são mortas e disse que essa situação provoca dor, revolta, tristeza e vergonha. Ela reconheceu que nossa legislação, em especial a Lei Maria da Penha, é uma das mais avançadas do mundo no combate à violência contra a mulher.

No entanto, Mara Gabrilli destacou que é preciso despertar a consciência da sociedade para não tolerar mais este tipo de crime, nem encontrar justificativas para os agressores.

— Reconhecer que muitos abusos vêm disfarçados de uma pretensa diversão, não se calar diante dos amigos que adotam essas práticas, talvez seja o primeiro passo para alcançarmos uma sociedade menos sexista e violenta — ressaltou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB