Manifestantes fazem protesto contra Bruno em frente à sede do Rio Branco

Um grupo de pessoas se reuniu nesta sexta-feira (31), em frente à sede do clube Rio Branco, no Centro da capital, para protestar contra a contratação do goleiro Bruno.

Bruno foi condenado pelo homicídio de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho, Bruninho. As penas somadas chegaram a 20 anos e 9 meses de prisão.

A contratação do atleta foi anunciada no último domingo (26) pela presidência do clube. O jogador chegou ao Acre ontem (30).

Vestidos de preto, os manifestantes portavam cartazes com as frases “Onde está o corpo de Eliza Samúdio?” e “Vergonha RBFC!”, entre outras.

Os organizadores do protesto dizem não ser contra a ressocialização de Bruno, mas repudiam a ideia de que ele volte a jogar futebol em um país que idolatra seus jogadores.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB