Inconformado, lderlei deve declarar apoio a candidatura do PSL em CZS

O prefeito cassado de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PP), não se conforma com a exclusão do seu nome da disputa eleitoral deste ano. Após se desentender com a direção do seu partido, que indicou o vice-prefeito (também cassado) Zequinha Lima para concorrer à prefeitura, ele deverá declarar apoio ao candidato do PSL no município, Sargento Adonis.

Na última sexta-feira (11), 24 horas antes da convenção do PP que indicou Lima como candidato, Ilderlei esteve na sede do partido e o clima esquentou. Em uma tentativa de convencer seus pares de que estaria apto a disputar as eleições, ele não conseguiu provar o que dizia mediante a apresentação da certidão negativa da Justiça Eleitoral. E o tom do debate ficou alguns tons acima do aceitável.

Segundo fonte próxima ao prefeito cassado consultada pelo oacreagora.com, Ilderlei ainda tentou emplacar a irmã, Idelcleide Cordeiro, como candidata do PP. Filiada ao Solidariedade, seu nome foi rechaçado com veemência pelos presentes na reunião.  

Vingativo, Ilderlei tentou esvaziar a aliança em torno de Zequinha Lima. Conseguiu tirar da coligação apenas o Democratas, que acabou por indicar a vice de Adonis. O SD, por sua vez, segue no palanque de Zequinha, que tem como vice o ex-deputado Henrique Afonso (PSD).

Ocorre que o revanchismo de Ilderlei contra os correligionários pode significar o fortalecimento de Fagner Sales, candidato a prefeito pelo MDB. Com a família Sales sôfrega pro lhe comer o fígado, a estratégia kamikaze mostra apenas o tamanho da desorientação do ex-prefeito.

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkedin
Share on whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB