Hospital feito em ‘regime de urgência’ por empresa dos Cameli segue fechado

O Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul continua com as portas fechadas aos pacientes infectados pelo novo coronavírus. Ao preço de R$ 4 milhões, a obra foi erguida sob dispensa de licitação pela EMT Construtora, de propriedade de James Cameli, primo do governador Gladson Cameli.

Segundo cláusula contratual, a unidade de saúde deveria ficar pronta em 30 dias, a contar da data de assinatura, ocorrida no dia 8 de março. Mas a realidade é que não há, após quase dois meses, nenhuma estimativa para sua inauguração.

Consultada por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) afirmou que “aguarda a chegada de uma nova usina de produção de gases medicinais”, e que “o aparelho, adquirido no exterior, deve chegar ao Acre nos próximos dias”.

Segundo boletim da Sesacre sobre o coronavírus, divulgado nesta quinta-feira (2), Cruzeiro do Sul já registra 2.116 casos da doença.

Leia a resposta na íntegra enviada ao oacreagora.com pelo secretário de Saúde, Alysson Bestene:

Nota de Esclarecimento

O Governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), esclarece que as obras do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul já foram concluídas. A construção da unidade, em tempo recorde, faz parte do conjunto de ações do governo no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A Sesacre informa, ainda, que aguarda a chegada de uma nova usina de produção de gases medicinais, investimento que proporcionará uma ampliação na produção de oxigênio e, consequentemente, na oferta de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI).

O aparelho, adquirido no exterior, deve chegar ao Acre nos próximos dias, o que dará maior autonomia àquele hospital no tratamento de pacientes internados na UTI, principalmente por conta da dificuldade na aquisição do oxigênio medicinal dada à procura global.

Após a instalação e a conclusão dos testes da usina, o hospital de campanha estará habilitado a receber os primeiros pacientes. 

É importante destacar que em nenhum momento houve prejuízo no atendimento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus em Cruzeiro do Sul.

O Hospital Regional do Juruá seguirá como referência no tratamento Covid até a inauguração do hospital de campanha, contando com 10 leitos de UTI. Além disso, a Saúde do município também conta com o Hospital de Dermatologia Sanitária, mais conhecido pela população de Cruzeiro do Sul como Hospital Dermatológico, para o atendimento nos casos de coronavírus.

Alysson Bestene

Secretário de Estado de Saúde

Rio Branco – Acre,  3 de julho de 2020

Leia também:

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB