Homem é baleado no portão de casa e morre a caminho do Pronto Socorro

Adalsenilson de Oliveira da Silva, de 34 anos, morreu neste domingo (30), após levar dois tiros no portão da casa onde morava com a esposa, na Vila Acre, em Rio Branco. Os atiradores usavam coletes a provas de balas e um deles capuz, e teria dito ser da polícia antes de efetuar os disparos.

Silva morreu a caminho do hospital. Os projéteis o atingiram no tórax e no pescoço.

De acordo com relato feito pela mulher dele ao Centro de Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), ela ouviu o marido gritar, pedindo calma, após ele sair para verificar o portão.

Ela disse ter visto os dois homens armados quando o marido pediu que soltasse o cachorro. Foi então que ela virou de costas e ouviu os disparos.

A vítima foi socorrida por um vizinho, mas nem mesmo conseguiu chegar com vida ao Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi buscar o corpo na Unidade de Pronto Atendimento do Segundo Distrito de Rio Branco (UPA).

Segundo o Ciosp, uma busca na casa da vítima revelou a existência de uma arma de fogo no local. Após consulta, foi constatado ainda que ele era monitorado e tinha sido solto há cerca de um mês.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB