Greve do INSS: sindicato pressiona governo a cumprir acordo

Greve dos servidores acabou em maio, após quase dois meses de paralisação
Divulgação

Greve dos servidores acabou em maio, após quase dois meses de paralisação

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) está pressionando os ministérios do Trabalho e Previdência e o da Economia a enviar ao Congresso Nacional uma medida provisória ou um projeto em regime de urgência prevendo o cumprimento do acordo que pôs fim à greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em maio.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

O acordo para acabar com a paralisação foi assinado em 23 de maio. De lá para cá, algumas cláusulas acordadas foram cumpridas. Outras dependem de aprovação de leis pelo Congresso Nacional. Por isso, há necessidade de o governo enviar uma proposta formal para aprovação dos parlamentares.

Os servidores pedem, por exemplo, a incorporação gradual da GDASS ao vencimento básico, a caracterização da carreira do Seguro Social como típica de Estado e a exigência de curso superior para os próximos concursos públicos do INSS. Vale destacar que um novo processo seletivo para o cargo de técnico do seguro social — com oferta de mil vagas de nível médio — está previsto para os próximos meses. O edital deve ser lançado ainda neste ano.

Fonte: IG ECONOMIA

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB