Governo abandona Casa dos Povos da Floresta e MPF questiona motivos

MPF questiona abandono da “Casa dos Povos da Floresta” em Rio Branco

O Ministério Público Federal (MPF) pediu explicações à Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), órgão do governo do Acre, após constar a situação de abandono do prédio, em Rio Branco.

Segundo o procurador da República Lucas Costa Almeida Dias, que esteve no local,  não há no site da FEM sequer uma menção à “Casa dos Povos da Floresta” como espaço cultural na cidade. Para o procurador, isso demonstra com clareza o descaso com o bem público.

Além do abandono estatal, o prédio também tem sido ocupado e consequentemente depreciado por moradores de rua. O local foi criado no intuito de preservar e divulgar os costumes, crenças e tradições dos indígenas, ribeirinhos e seringueiros.

Segundo a assessoria de imprensa do MPF, Lucas Dias cobrou respostas da FEM sobre as razões para o abandono do prédio. Ele também quer saber se há plano para revitalização ou manutenção do espaço e retorno das atividades.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB