Gladson pede e juiz manda penhorar casa do ex-porta-voz de Tião Viana

A pedido do governador Gladson Cameli, o juiz Giordane Dourado mandou penhorar o apartamento do jornalista Leonildo Rosas. Ele recebeu a decisão das mãos de um oficial de justiça nesta terça-feira (15). E prometeu recorrer da setença.

Rosas postou um vídeo em seu site (veja aqui) em que conta ter perdido uma ação judicial para Cameli, em decorrência de uma publicação feita por ele na rede social Facebook.

“O motivo dessa penhora foi uma disputa judicial. Ele [Gladson] me processou porque eu, enquanto porta-voz do governador Tião Viana, publiquei em minha página no Facebook, depois de receber um telefonema do ex-governador Tião Viana, [dizendo] que Gladson Cameli, com sintomas de embriaguez, tinha agredido o então governador. Eu também disse que Gladson Cameli tinha problemas com bebidas alcoólicas. Lembrei que ele foi flagrado pela Álcool Zero, em rede nacional, lá em Brasília, pelos principais canais de televisão, e que ele teve a sua carteira de motorista cassada aqui no estado. Eu não menti”, disse o jornalista no vídeo.

Rosas afirmou ainda que o imóvel em que mora com a família é financiado pela Caixa Econômica Federal e que está alienado em nome da instituição bancária.

Leonildo Rosas: imóvel financiado é pago com muita dificuldade/Foto: reprodução

Ao oacregora.com, o jornalista assegurou na manhã desta quarta-feira (16) que o governador do Acre tenta intimidá-lo com a medida, mas que não vai se calar.

Rosas se disse ainda ‘muito tranquilo’ e certo de que a Justiça do Acre vai rever a decisão de Giordane Dourado.  

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB