Gladson fala em flexibilizar quarentena; leitos de UTI seguem quase lotados

O discurso do governador Gladson Cameli sobre a possibilidade de realização da Feira Agropecuária do Acre, a Expoacre, no próximo mês, após uma flexibilização do isolamento social, precisa ser analisado com cautela. Com o achatamento da curva dos casos de coronavírus no estado previstos para setembro, os leitos de UTI destinados a tratar os pacientes mais graves seguem beirando a lotação máxima. E Cameli sabe dos riscos que uma decisão precipitada sobre o relaxamento das regras teria sobre a progressão da doença.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), nesta segunda-feira (8), o Pronto Socorro estava com 100% dos leitos ocupados – tanto os clínicos como os de UTI. A ocupação no Into era, respectivamente, de 80% e 96,4%. Com óbitos registrados na noite passada, há novas vagas à disposição, segundo informou a assessoria de imprensa da Sesacre ao oacreagora.com.     

Sem data definida para o recrudescimento da pandemia no estado, a Sesacre não arrisca um prognóstico sobre a baixa nos registros de casos. Tudo depende do comportamento comunitário.

A contragosto, o epidemiologista Marcos Malveira, da Vigilância em Saúde do Acre, arriscou, anteriormente, um palpite de que a curva do coronavírus só passará a ser descendente em setembro. Ou seja: em julho, mês da Expoacre, ainda estaremos no olho do furacão.

Ocupação de leitos para tratamento de Covid-19/Fonte: Sesacre

Nesta segunda a Sesacre registrou 145 novos casos de coronavírus. O número de infectados saltou de 7.983 para 8.128 em todo o estado.

No afã, talvez, de agradar ao setor empresarial, o governador tratou de cogitar a abertura da feira agropecuária. “Pode ser uma boa oportunidade para os empresários arrecadarem recursos e o comércio aquecer a economia”, justificou no último sábado, em entrevista a um site local.

Gladson, porém, fez a ressalva de que a realização da Expoacre dependerá do número de casos do novo coronavírus.

Aos pecuaristas, pois, convém ir tirando os cavalinhos da chuva.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB