Gladson diz não precisar da política, mas será que a política precisa dele?

É impossível não falar sobre o lamentável episódio envolvendo governador e uma humilde senhora em Mâncio Lima, no último fim de semana.

Descontrolado e arrogante, ele intimidou a mulher na frente dos filhos e, como pode ser visto aqui, ninguém disse nada.

Os presentes até bateram palmas.

Mas, além da agressão e do destempero do governador, o que me incomoda é ele dizer que não precisa da política.

Fala isso constantemente.

E tem gente que acredita.

Sinceramente, acho que é o contrário: a política é que não precisa dele.

Quem tem garantido a boa vida do rapaz há mais de dez anos não são os milhões do seu pai.

É a política.

Gladson diz que não precisa da política, mas não abre mão de meia diária para se deslocar aos municípios próximos à sede do governo.

Se tem dúvida, consulte o portal da transparência.

Ano passado, ele e o seu vice embolsaram quase meio milhão somente com diárias.

Estranho, não?

Alguém conhece uma entidade que recebeu a doação do seu salário, conforme fora anunciado?

Eu não conheço.

Repito: ele precisa mais da política do que a política precisa dele.

Leonildo Rosas é jornalista; escreve o Portal do Rosas

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB