Gladson exonera vítima fatal de coronavírus 24 dias depois de sua morte

Demorou quase um mês para que o governo providenciasse a exoneração do servidor público Josimar Tavares dos Santos do cargo em comissão (CEC-6) que ele ocupava no Comitê Estratégico de Enfrentamento à Pandemia do Acre, grupo ligado ao gabinete do secretário Alysson Bestene (Saúde). A portaria que desligou Tavares do cargo foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (17), e é datada de ontem (16).

Tavares faleceu no dia 23 de maio, vítima de Covid-19. Ele atuava na linha de frente de combate à doença.

A morte foi divulgada no dia 24. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Josimar Tavares foi chamado para atuar no combate à pandemia logo depois da confirmação dos primeiros casos no estado.

Segundo a publicação, o decreto tem efeito retroativo ao dia 23 de maio.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB