Frente Nacional de Prefeitos quer efetivar consórcio de vacinas contra a covid


source
Frente Nacional de Prefeitos quer efetivar consórcio de vacinas até o final de março
Roseli Andrion

Frente Nacional de Prefeitos quer efetivar consórcio de vacinas até o final de março

Nesta quarta-feira (10), Jeconias Rozendo Jr, coordenador de Articulação Política de Frente Nacional de Prefeitos declarou que “a situação do Brasil é crítica. Somos o epicentro da epidemia no mundo”. Por meio de uma entrevista, ele se mostrou preocupado com a performance do Plano Nacional de Imunização , gerado pelo governo federal. As informações foram apuradas pelo O Tempo. 

De acordo com ele, o Brasil enfrenta problemas devido à grande dificuldade em negociar doses do imunizante com países e laboratórios. A carta enviada para o embaixador da China pelo Ministério da Saúde , em que pede ajuda para o fornecimento de novas doses, já reflete que o governo não está cumprindo com as suas responsabilidades diante da pandemia. Para ele, uma das dificuldades são as relações diplomáticas. 

“A gente acredita que o país vem sofrendo uma restrição nas leis diplomáticas muito grande. É noticiado diariamente a dificuldade que o governo federal está tendo para ampliar as suas bases diplomáticas. Até essa carta de ontem para a embaixada chinesa, curiosamente subscrita pelo secretário executivo e não pelo ministro, é um reflexo do que foi feito lá atrás quando a China foi criticada por alguns membros do governo federal como causadora da pandemia”, afirma. 

Segundo Rozendo Jr, ressalta que a Frente Nacional de Prefeitos surge com o propósito de garantir que prefeitos e governadores possam buscar as doses e garantir a vacinação em suas regiões . Ainda de acordo com ele, mostrando atitude oposta à do governo federal, a FNP possui bom diálogo com entidades internacionais. 

“A Frente Nacional de Prefeitos possui pontes consolidadas com várias entidades internacionais. Os municípios são protagonistas e a gente acredita que isso pode ser uma alternativa pra que alguns desses atores queriam, independentemente do governo federal, ter no consórcio uma alternativa para colocar a vacina no país”.  Ela conclui dizendo que a ideia do consórcio “não é criar distinção entre os brasileiros e sim, vacinar todos os brasileiros” e que ser prefeito em tempos de pandemia “é um ato de coragem”. 

A Frente Nacional de Prefeitos está com a expectativa de que consórcio seja concluído até o final do mês de março, para que com isso, eles possam dar início nas negociações por doses da vacina contra a covid-19 . De acordo com Rozendo Jr., “uma assembleia de constituição do consórcio está prevista para o próximo dia 22”. E que situação vista atualmente, é um reflexo das ações que não foram feitas meses atrás. 

O coordenador ainda ressalta que no momento, existem mais de 200 vacinas contra o novo coronavírus em produção e que 20 já foram aprovadas no mundo. “É muito ruim ficar restrito a dois laboratórios”, desabafa. Ele conta que, enquanto o consórcio ajeita os tramites jurídicos, as conversas com as empresas farmacêuticas seguem em andamento, mas ele ressalta “é um processo complicado”.  

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB