Extensões de cílios podem causar olhos de zumbi? Entenda

A adolescente fez o procedimento estético em Julho, com a intenção de ir no baile de sua escola.
Reprodução/ TikTok: @haley.fetzer_

A adolescente fez o procedimento estético em Julho, com a intenção de ir no baile de sua escola.

Nas últimas semanas, o caso de uma adolescente de 17 anos, que acabou ficando com “olhos de zumbi”, se tornou notícia ao redor do mundo. A norte-americana Haley Fetzer relatou, em suas redes sociais, ter tido problemas após fazer uma extensão de cílios. Os olhos dela ficaram inchados, vermelhos e expelindo muco. 

“Toda vez que eu piscava, saía um pouco de gosma dos meus olhos. Achei que ficaria cega”, relata a adolescente. 

Entre no canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais!

Para o médico oftalmologista Marcelo Brito, o incidente pode ter ocorrido devido a um erro durante a aplicação das extensões dos cílios, causando uma hemorragia subconjuntival na conjuntiva, membrana que reveste a pálpebra. Além disso, o profissional observa que também houve uma infecção bacteriana na região. 


“Ali teve duas situações, primeiro uma hemorragia subconjuntival debaixo da conjuntiva, uma camada dos olhos e na sequência houve uma infecção bacteriana. Possivelmente a primeira situação ocorreu devido a um erro de técnica, que causou aquele rompimento nos vasos sanguíneos, porque, para que os vasos se rompam, é necessário que haja algum tipo trauma, uma pancada ou um raspão com a própria pinça mesmo. Agora sobre a infecção, ela pode ter sido causada pela  falta de uma esterilização correta dos materiais”, esclarece Brito. 

Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram!

Apesar de assustar, o oftalmologista explica que os “os olhos de zumbi” não são uma condição tão perigosa e que pode ser facilmente tratada. “Pelo que a gente viu no desenrolar dos vídeos de moça, o mais grave naquela situação foi a infecção, que é normalmente tratada com colírios. Embora esse incidente possa parecer grave, ele realmente não é, no entanto, ele também poderia ser facilmente prevenido”, alerta o médico. 

A especialista em extensões de cílios, Thaís Giraldelli, também aponta que um dos principais motivos para a lesão ter ocorrido é pelo uso incorreto de fitas usadas para isolar a região dos cílios inferiores.

“A forma correta de aplicar esse é que ela isole os fios inferiores, mas que não encoste na linha d’água. O que acontece é que, às vezes, durante o procedimento, esse isolamento vai andando, principalmente se a cliente fala, por isso é muito importante que o cliente não fale durante o procedimento e que a profissional cheque a todo momento se essa fita está no local correto, para não causar nenhuma lesão”, explica Giraldelli. 

Fonte: IG Mulher

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB