Em Sorocaba, Bolsonaro chama Lula de ‘capeta’ e se diz ‘homem de bem’

No interior de SP, Bolsonaro se apresenta como 'homem de bem' e chama Lula de 'capeta'
Reprodução: youtube – 24/08/2022

No interior de SP, Bolsonaro se apresenta como ‘homem de bem’ e chama Lula de ‘capeta’

Em ato de campanha nesta terça-feira em Sorocaba , no interior de SP, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e candidato à Presidência é um “capeta” que quer “implantar o comunismo no Brasil”.

“Temos um mal pela frente, um capeta pela frente, uma pessoa que quer implantar o comunismo no Brasil e foi liderança mundial em corrupção, que nunca respeitou a família”, afirmou Bolsonaro.

No evento,  Bolsonaro foi apresentado aos eleitores como o “homem de bem” que segue a Bíblia, defende a família e sobretudo valoriza as mulheres.

De acordo com as pesquisas de opinião, o eleitorado feminino é um obstáculo para o crescimento de Bolsonaro em todos os cantos do país.

Já o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi chamado de “ex-presidiário” e alvo de insinuações também ao ser retratado como “aquele que toma água que passarinho não bebe”. O público presente fazia coro de “Lula ladrão seu lugar é na prisão”.

Bolsonaro estava ao lado dos candidatos de sua chapa no estado como os seus ex-ministros T arcísio de Freitas (Republicanos) e Marcos Pontes , que concorre ao Senado.

Também acompanharam o presidente Frederick Wassef (PL), candidato a deputado, a médica Nise Ymaguchi e Renato Bolsonaro, irmão do presidente, que atua ativamente na campanha de Tarcísio, conforme mostrou matéria do GLOBO.

Nas últimas semanas, Tarcísio intensificou a associação de sua imagem ao presidente. O movimento coincidiu com o viés de alta do ex-ministro nas pesquisas.

No último levantamento do Ipec , o candidato Fernando Haddad (PT) lidera com 36%, e Tarcísio aparece com 21% e ocupa a segunda posição na eleição ao Palácio dos Bandeirantes. Nas duas rodadas anteriores do Ipec, saltou de 12% em 15 de agosto para 17% no último dia 30.

Ao exaltar Tarcísio, Bolsonaro aproveitou para atacar o ex-governador de São Paulo, João Doria:

“A política em São Paulo sofreu muito com um governador que tinha a calcinha apertada e que se elegeu usando meu nome. Depois virou inimiguinho. E hoje está na vala do esquecimento.”

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB