Dono da Havan organiza vaquinha para ajudar Olavo de Carvalho

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, iniciou uma vaquinha virtual para ajudar financeiramente o guru do governo Jair Bolsonaro, Olavo de Carvalho.

O escritor estaria sem dinheiro para continuar “lutando pelo Brasil”, disse Hang em 1 grupo de WhatsApp com outros empresários.

“Temos que ajudá-lo financeiramente. Está chateado, precisa de mais ajuda para continuar lutando pelo Brasil”, escreveu o bilionário catarinense.

Um dos motivos para a crise financeira do ideólogo seriam ações impetradas por pessoas falsamente acusadas por Olavo por supostos crimes e declarações. O guru é muito ativo na rede social e constantemente ataca quem considera contra o governo Bolsonaro.

O presidente, inclusive, teria dado aval à vaquinha de R$ 2,8 milhões. Segundo o jornalista Vicente Nunes, do Correio Braziliense, o motivo do aporte seria para “sossegar” a cabeça por trás da ala ideológica do Planalto.

Olavo publicou o material na noite de sábado (6) no qual declara que o presidente nunca foi seu amigo e que derrubaria esse “governo de merda”. Depois, voltou atrás e disse que ainda está do lado do Bolsonaro, mas que o presidente não deve esperar mais “palavras doces“.

Ele afirma que Bolsonaro não está agindo contra os bandidos, fazendo referências a milícias digitais. “Outra coisa, você não está agindo contra os bandidos, você vê o crime, eles cometem os crimes, você presencia em flagrante e não faz nada contra eles. Isso chama-se prevaricação. Quer levar um processo de prevaricação da minha parte? Esse pessoal não consegue derrubar o seu governo? Eu derrubo. Continue inativo, continue covarde, eu derrubo essa merda desse seu governo.”, afirma no vídeo.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB