Diego Rodrigues deixa o Procon 45 dias após cassação da mãe deputada

Diego Rodrigues não é mais o presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). Ele deixou o cargo nesta sexta-feira (6), 45 dias depois de a mãe, Dra. Juliana, ter tido o mandato de deputada estadual cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral. O decreto de exoneração de Rodrigues foi assinado pelo governador Gladson Cameli (sem partido).

Segundo o Diário Oficial do Estado, a saída de Rodrigues se deu ‘a pedido’.

Juliana foi cassada por abuso do poder econômico, utilização indevida de verbas destinadas ao Fundo Partidário e ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha e compra de votos nas Eleições Gerais de 2018.  

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Acre foi chancelada pelo TSE no dia 22 de setembro deste ano.  

Veja o decreto:

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB