Defensor da cloroquina, deputado diz que remédio não funcionou

Alinhado ao presidente na defesa de teses sem respaldo das autoridades sanitárias, o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), 45, desenvolveu o quadro grave da doença, teve 70% do pulmão comprometido, ficou 11 dias na UTI e disse ter pensado em gravar vídeo de adeus para a família.

A cloroquina de nada lhe adiantou, afirma. Apesar de seguir defendendo o remédio e o fim do isolamento, aconselha Bolsonaro a “obedecer a medicina” e diz que ele só saberá em alguns dias se a doença vai se agravar.

Leia a coluna aqui

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB