Cidade da Colômbia prende pelos pés quem quebra isolamento

A prefeitura de Tuchín, em Córdoba, na Colômbia, tomou uma atitude radical para punir as pessoas que insistem em descumprir a quarentena iniciada na cidade por causa do novo coronavírus. Desde a última semana, os guardas da cidade começaram a prender pelos pés quem desobedece ao isolamento social sem necessidade.

A medida foi anunciada pelo prefeito Alexis Salgado, que divulgou fotos de moradores locais presos pelos pés em cepos de madeiras em uma das praças públicas da cidade. “Aumentamos a base de força no município, juntamente com a guarda indígena, o exército e a polícia estão se sancionando as pessoas que não estão cumprindo as medidas de isolamento obrigatório”, afirma.

Segundo Salgado, a medida faz parte das sanções previstas na lei do governo próprio do povo Zenu, da qual a população de Tuchín é descendente. “Hora de tomar consciência, o Covid-19 não é um jogo, cuidamos da nossa saúde pelo bem-estar de todos”, defende. Ao jornal local El Tiempo, o prefeito contou que a medida deu resultado e o tráfego de pessoas nas ruas diminuiu.

Continue a ler aqui

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB