Após comprar carro blindado, Gladson cria comissão para debater Segurança

Demorou 23 meses para que o governador Gladson Cameli (sem partido) começasse a fazer o que deveria ter feito no início do mandato: reunir a tropa para elaborar propostas na área da Segurança Pública. Sem um plano definido para o setor, o governo que nos prometeu resultados em dez dias só agora vai começar a pensar em estratégias para combater a criminalidade galopante.

Em decreto publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (10), o governador instituiu uma comissão especial para a ‘discussão e elaboração de propostas para a Política e para o Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social’.

A decisão foi tomada quatro dias depois que este site revelou a compra, pelo governo, de uma SUV, modelo SW4, totalmente blindada. E ao preço de R$ 372 mil para os contribuintes (veja aqui).  

Segundo o DOE, a tal comissão especial instituída por decreto será formada por 4 representantes da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública; 1 da Polícia Civil; 1 do Corpo de Bombeiros; 1 da Polícia Militar; 1 do Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre (Iapen). Mas até quem não entende patavinas do riscado vai dar pitaco na receita: Gladson tratou de escalar um representante da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos, e de Políticas para as Mulheres e outro da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes para compor a guarnição.

A Comissão Especial será presidida pelo secretário de Segurança Pública, que (até o momento) continua a ser o Sr. Paulo Cézar Rocha dos Santos.

Resta-nos torcer para que a iniciativa produza bons resultados. E rezar – já que não podemos, como Gladson, circular por aí em carro blindado.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB