Com Guedes, Bittar fala em corte de ‘despesas’ e ‘privilégios’ no Orçamento

O senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento Geral da União para 2021, se reuniu na noite desta segunda-feira (17), em Brasília, com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar sobre os pontos mais polêmicos da pauta. O objetivo do encontro, segundo o parlamentar, foi discutir com Guedes ‘um orçamento tão difícil neste período de pandemia’.

“Para podermos fazer o orçamento real deste ano, vim em busca de orientações do ministro para que possamos cortar privilégios e despesas e, ao mesmo tempo, acenar com alguns benefícios que essa pandemia mostrou necessários”, disse Bittar.

Segundo Guedes, o déficit de empregos no Brasil e a geração de renda precisam ser prioridade na elaboração do Orçamento de 2021, de forma a que se possa trabalhar dentro dele a manutenção de alguns benefícios como o Renda Brasil e também a meta de desoneração da folha de pagamento em todos os setores da economia.

O governo entende que a retomada do crescimento, agora agravada pelo coronavírus, depende da capacidade de manutenção dos empregos existentes e da geração de novos postos de trabalho, o que só seria possível com a redução da carga tributária sobre a folha de pagamento das empresas.

Já o Renda Brasil, mencionado por Guedes, seria um substituto do programa Bolsa Família, destinado a pessoas de baixa renda.        

      

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB