Agente critica delegacias no WhatsApp e vira alvo de inquérito disciplinar

As críticas feitas em um grupo do aplicativo WhatsApp pelo agente L.G.A.S. contra delegacias de Polícia Civil do Acre acabaram virando um processo administrativo disciplinar. A portaria de instauração do inquérito foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (26).     

Segundo a publicação, os comentários depreciativos do agente, dirigidos às delegacias, chegaram ao conhecimento do corregedor-geral da Polícia Civil, Thiago Fernandes Duarte, que determinou a instauração do processo.

A conduta do servidor pode configurar transgressão disciplinar, previstas na Lei Orgânica da Polícia Civil do Estado do Acre. Estão sujeitos às penalidades administrativas aqueles que se referirem “de modo depreciativo à autoridade pública, a ato da Administração ou à própria Instituição Policial, gerando descrédito, qualquer que seja o meio empregado para esse fim”; bem como “criar animosidade, velada ou ostensivamente, entre superiores e subalternos ou entre colegas, ou indispô-los de qualquer forma”.

A reportagem do oacreagora.com não conseguiu apurar o teor dos comentários do agente feitos no aplicativo de mensagens.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB