Acrelândia decreta toque de recolher e proíbe entrada de ‘forasteiros’

O prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano (PSB), decretou toque de recolher e uso da força policial contra moradores que insistirem em sair às ruas entre as 19h e 5h. Também estão proibidos de entrar no município pessoas e veículos de outras cidades. O decreto foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (8).

Segundo o documento, além das restrições de circulação de pessoas, o comércio deverá manter as portas fechadas. A decisão abre exceções a algumas empresas, entre as quais postos de combustíveis, clínicas médicas, farmácias, postos de gasolina, borracharias e funerárias.

A medida isenta os integrantes dos órgãos de segurança, o próprio prefeito, membros dos poderes Legislativo e Judiciário, vigias noturnos, trabalhadores do ramo de delivery, profissionais na área da saúde e aqueles cujo acesso for necessário à execução ou prestação de serviços essenciais.

De acordo com o último registro da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), o município tem nove casos confirmados de coronavírus.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB