fbpx

Semsa rebate Sindmed: “Irresponsável propagação de fake news”

Em resposta à notícia aqui veiculada, segundo a qual o Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) afirma estar ingressando com Ação Civil Pública contra a prefeitura de Rio Branco e a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a assessoria de imprensa da Semsa encaminhou nota. O texto, assinado pelo jornalista Salomão Matos, lamenta a postura dos dirigentes sindicais e afirma que o Sindmed “desconhece a Lei e ainda propaga notícias falsas em relação à vacinação contra o coronavírus”.

Ainda de acordo com a nota, “É inverídico que a Semsa não queira a realização de concurso público efetivo. Impedido pela Lei Federal 173, que versa sobre a realização de certame definitivo, há impedimento legal para tal normativa administrativa, podendo, portanto, somente abrir concurso provisório, sob pena de improbidade administrativa e crimes contra a Lei Federal”.

“Quanto às críticas do Sindicato dos Médicos em relação à vacina, estamos imunizando há mais de um ano e, nesse período, já realizamos inúmeros mutirões, inclusive aos sábados, domingos e diversos feriados. Portanto, não existe desculpa para quem ainda não procurou um de nossos postos de vacinação. Estamos inclusive fazendo busca ativa em várias comunidades, sejam elas nas regiões urbanas ou na zona rural de Rio Branco. Lamentamos quem ainda não se vacinou e infelizmente não podemos obrigar ninguém a se imunizar. Reiteramos que nossos pontos de vacinação estão dia após dia abertos em todas as regionais, a exemplo do último mutirão realizado no sábado (9), durante o qual colocamos à disposição mais de 60 pontos de imunização espalhados em todas as regionais da capital. Não se vacina quem não quer. Lamentamos ainda a falta de informação por parte do sindicato dos médicos, que propaga fake news ao afirmar que neste feriado, dia 12, não estaríamos com pontos de imunização abertos, o que não é verdade. Nesta terça-feira, há três pontos de vacinação abertos contra a Covid-19 e ainda contra a gripe H1N1, a saber: um no Parque Chico Mendes, outro no bairro João Eduardo 2 e um terceiro na comunidade do Panorama. Lamentamos, por fim, a falta de informação do Sindmed, que de forma desatenta e pouco responsável tenta induzir ao erro quem deseja se vacinar e colocar em descrédito a boa gestão da saúde do município de Rio Branco”.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB