Saiba quais serão os benefícios de Bolsonaro como ex-presidente

 Presidente Jair Bolsonaro (PL)
Foto: Isac Nóbrega/PR

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Pela primeira vez sem cargo político em 34 anos, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda terá benefícios no ano de 2023 como ex-chefe do Executivo. Além das aposentadorias como capitão do Exército e deputado, o mandatário terá direito a assessores e veículos oficiais. 

Segundo a lei de 1986, os ex-presidentes ganham oito funcionários quando deixam o cargo. Eles são divididos entre dois motoristas, dois assessores e quatro servidores que atuam na segurança e vida pessoal do ex-mandatário. Os ex-chefes do Executivo também ficam com dois carros à disposição. Eles também podem escolher quem serão os funcionários. O salário é pago pela Presidência.

Todos os ex-presidentes, José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff e Michel Temer fazem uso destes benefícios, incluindo o mandatário eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

No ano de 2021, a Presidência da República desembolsou R$ 5,8 milhões com os assessores dos ex-mandatários. O maior gasto foi com Lula: R$ 1,1 milhão. Dilma Rousseff foi o segundo, com R$ 1,08 milhão, valor próximo de Fernando Collor (R$ 1,06 milhão). Michel Temer (R$ 910 mil), José Sarney (R$ 824 mil) e Fernando Henrique (R$ 762 mil) completam a lista com as contas somando menos de um milhão. 

Futuro de Bolsonaro

Nesta terça-feira (8), o presidente do PL, ex-deputado Valdemar Costa Neto disse em entrevista a jornalistas, que deseja que Jair Bolsonaro “comande o PL”. O chefe da legenda afirmou ainda que convidou o atual mandatário para ser presidente de honra do partido.

“Hoje nós queremos que ele comande nosso partido. Queremos Bolsonaro à frente dessa luta que ele construiu para levar nosso partido a um patamar mais importante”, afirmou o ex-deputado.

Valdemar Costa Neto acrescentou ainda que o PL “será oposição ao futuro presidente”.

“O PL não renunciará às suas bandeiras e ideais. Será oposição aos valores comunistas e socialistas, será oposição ao futuro presidente. O Partido Liberal seguirá mais forte do que nunca na busca pela construção de uma nação unida”, completou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Gostou deste artigo?

Facebook
Twitter
Linkedin
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB