Recursos para proteção de mulheres e crianças terão mais transparência, prevê projeto


A União, os estados, o Distrito Federal e os municípios devem criar mecanismos que facilitem o acompanhamento do dinheiro público destinado à proteção de mulheres, crianças e adolescentes. É o que prevê o projeto de lei complementar (PLP 248/2020) da senadora Leila Barros (PSD-DF). Pela proposta, as leis orçamentárias devem contar com marcadores que facilitem o acesso a ações, funções e programas destinados a esses públicos. A reportagem é de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB