PGR entra com procedimento criminal contra o deputado Douglas Garcia

Douglas Garcia (Republicanos)
Reprodução: ALESP – 14/09/2022

Douglas Garcia (Republicanos)

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Sarrubbo, instaurou um procedimento criminal contra o deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos) , que agrediu verbalmente a jornalista Vera Magalhães na noite de terça-feira (13) , após o debate entre os candidatos ao governo de São Paulo.

O parlamentar só pode ser processado por um procurador-geral de Justiça, já que ele tem mandato ativo na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). 

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) acordou um compromisso processual, no dia 23 de agosto, com entidades representativas do jornalismo para receber denúncias de ameaças contra jornalistas . A ação contra Douglas Garcia é a primeira ação tomada pelo órgão com base neste despacho.

Relembre o caso

O deputado Douglas Garcia, apoiador declarado de Jair Bolsonaro (PL) , fez uma publicação no Twitter antes do evento, perguntando de Vera iria ao debate .

Post de Douglas Garcia
Reprodução: Twitter – 14/09/2022

Post de Douglas Garcia

Ao final da transmissão, Douglas foi até onde Vera estava sentada e perguntou se a jornalista recebeu dinheiro para falar mal do governo Bolsonaro e afirmou que ela é “uma vergonha para o jornalismo”. Na sequência, o celular do deputado foi arremessado pelo apresentador Leão Serva, ao que ele reagiu xingando de “jornazista”.

No Twitter, Vera Magalhães escreveu: “Esse tipo de postura vinda de um parlamentar é inaceitável, intolerável na democracia. Não será um truculento, nem dois, que irão me intimidar a continuar fazendo meu trabalho. O deputado tem o meu contrato, porque o requereu. Mente reiteradamente. Agride mulher. Não vai me calar”, adicionou a jornalista.

Nesta quarta-feira (14), o Republicanos, partido o qual o deputado pertence, divulgou uma nota oficial repudiando a agressão de Garcia contra a jornalista .

“O Republicanos repudia o ocorrido nos bastidores do debate da TV Cultura envolvendo o deputado estadual Douglas Garcia e não compactua com a forma como ele abordou a jornalista Vera Magalhães”, diz o início do comunicado do partido. Internamente, avalia-se a possibilidade de expulsão do deputado.

Deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) entraram com pedidos de cassação do deputado Douglas Garcia também nesta quarta-feira. A presidente do Conselho de Ética da Alesp, deputada Maria Lúcia Amary (PSDB), disse que repudia “veementemente” o comportamento do parlamentar.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB