Governo prorroga redução de impostos de medicamentos voltados à Covid


source
Redução de alíquota será válida até 31 de dezembro de 2022
Reprodução/Freepik/aleksandarlittlewolf

Redução de alíquota será válida até 31 de dezembro de 2022

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu nessa sexta-feira (17) manter a redução de impostos para insumos relacionados a pandemia de Covid-19. A decisão atende os pedidos de entidades médicas que alertaram a possibilidade de desabastecimento.

Entre os medicamentos incluídos na lista estão ocitocina e neostigmina. Os remédios, junto com a dipirona e atropina, estão entre as maiores preocupações das equipes médicas.

“Foram incluídos 13 novos insumos farmacêuticos/medicamentos, com base em recomendações do Ministério da Saúde”, afirmou a Camex, em nota.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG

Alguns medicamentos terão a alíquota de importação zerada, mantendo a decisão de emergência publicada no ano passado. O novo prazo para o fim da redução de impostos é de 31 de dezembro de 2022.

“Como resultado, continuará zerada a alíquota de uma ampla lista, composta por 645 produtos, que inclui medicamentos, equipamentos hospitalares, itens de higiene pessoal e outros insumos utilizados no enfrentamento à Covid-19”, completou o órgão vinculado ao Ministério da Economia.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB