Entenda o que é medicina ortomolecular

Entenda o que é medicina ortomolecular
Redação EdiCase

Entenda o que é medicina ortomolecular

A medicina ortomolecular, ou medicina preventiva ortomolecular, se propõe a dar às células exatamente o que elas precisam, por meio de uma alimentação adequada e do uso de suplementos alimentares, quando necessário.  

Esses suplementos são, basicamente, vitaminas, sais minerais, aminoácidos, enzimas e hormônios. Seu papel é fundamental para que as células do corpo se mantenham saudáveis e desempenhem bem suas funções. 

Se você pensar que o corpo humano possui cerca de 60 trilhões de células e que cada uma delas precisa estar adequadamente nutrida para fazer seu trabalho, perceberá o quanto a medicina ortomolecular é importante na prevenção e no tratamento dos problemas de saúde e na manutenção do equilíbrio conquistado. 

Aspectos prejudiciais para a saúde 

Um organismo malnutrido reage com dificuldade às agressões cada vez mais fortes da vida moderna. Além disso, torna-se alvo fácil de doenças e de envelhecimento precoce.  

Os principais vilões que nos empurram para situações de estresse físico e mental são a competição a que estamos sujeitos, a poluição ambiental, a exposição a campos eletromagnéticos.  

Além disso, há o excessivo consumo de doces, gorduras saturadas, alimentos refinados, industrializados e com substâncias tóxicas como corantes, conservantes, e ainda hormônios e antibióticos, que costumam estar presentes em alguns produtos. 

Como atua a medicina ortomolecular

Seu corpo precisa estar preparado para enfrentar essas situações, o que exige uma demanda maior de nutrientes. A alimentação, por si só, nem sempre consegue dar conta do recado. É aí que a medicina ortomolecular mostra sua eficiência, porque dá às células o que elas precisam para reequilibrar o organismo. 

Outras vantagens da medicina ortomolecular

A medicina ortomolecular muitas vezes é utilizada com o objetivo de emagrecer, pois, com a correção dos nutrientes e a melhora da saúde, ocorre uma recuperação da capacidade de queima dos alimentos, causada pela normalização da função da mitocôndria (normalmente em desnutrição há uma oxi-desregulação dessa estrutura celular) e pela saciedade que é satisfeita com mais facilidade, pois os órgãos estarão mais abastecidos nutricionalmente.  

Outro fator que também melhora é a ansiedade e uma melhor adaptação ao estresse, causando uma diminuição do hormônio cortisol, que quando elevado gera ganho de peso. 

Medicina ortomolecular é indicada para todos 

A medicina ortomolecular pode ser aplicada em diferentes fases da vida, tratamos desde casais que estão programando terem filhos, passando por gestantes, crianças, adolescentes, adultos e idosos. Tratamos a dinâmica molecular e células e para isso não tem idade. 

Descontinuação do tratamento 

O tratamento pode ser descontinuado, mas os resultados obtidos serão progressivamente perdidos. Em determinadas situações, os problemas poderão voltar, especialmente quando não for realizado o tratamento completo. 

Por Dr. Wilson Rondó 

Iniciou a carreira como cirurgião vascular e trabalhou como residente na Clinique du Mail La Rochelle, na França. Dedicou-se especialmente à Medicina Preventiva Molecular, especializando-se em Terapias Antioxidantes pelo The Robert W. Bradford Institute, nos EUA, e no Regenerations Zentrum Dr. Kleanthous Embh (Heideberg), na Alemanha. É membro e diplomado pelo American College of Advancement in Medicine. 

Fonte: IG SAÚDE

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB