Chamado de traidor por bolsonaristas, Major Olímpio diz: “ladrão de rachadinha”


source
undefined
undefined

undefined


O senador Major Olímpio (PSL-SP) foi vaiado por bolsonaristas na cidade de Tubaté durante um ato de campanha da candidata Loreny, do Cidadania, na manhã da última segunda-feira (23). O grupo de apoiadores do presidente chamavam o senador de ” traidor “.


Major Olímpio retrucou as acusações e, muito irritado, começou a chamar os manifestantes, que utilizavam camisetas da “direita taubaté’, de “ladrão” e ” ladrão de rachadinha “. O senador chegou a ficar frente a frente gritando com o bolsonarista. 

Em entrevista ao Painel da Folha de S.Paulo , Olímpio disse que “em Taubaté, como em qualquer cidade, a claque contratada bolsonarista hoje cabe num Mini Cooper”. Após ser eleito na onda do bolsonarismo, o senador rompeu com o governo federal ao acusar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de tentar proteger o seu Flávio Bolsonaro durante a criação da CPI da Lava Toga.

Veja o vídeo da discussão:


Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB