Cerca de 15 mil milionários devem deixar a Rússia, diz Reino Unido


source
Rublo russo
Pixabay

Rublo russo

Cerca de 15 mil milionários russos devem deixar o próprio país nos próximos meses, disse o ministério da Defesa do Reino Unido.

A continuidade do conflito com a Ucrânia e a imposição de sanções tem provocado um êxodo entre os ricos do país:

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

“Pedidos de imigração sugerem que 15 mil milionários russos já estão tentando deixar o país”, disse o ministério, em nota: “O ceticismo em relação à guerra é, muito provavelmente, forte nas elites russas e oligarcas. Se este êxodo continuar, os danos a longo prazo na economia da Rússia vão piorar.”

Nesta sexta-feira (17), o presidente francês, Emannuel Macron, visitou Kiev em companhia do chanceler alemão, Olaf Scholz, e do primeiro-ministro italiano, Mario Draghi. O trio de líderes europeus defendeu a entrada da Ucrânia na União Europeia.

A entrada da Ucrânia no bloco foi um dos temas principais da conversa do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, com os líderes europeus, já que a UE deve decidir ainda nesta semana se concederá ao país o status de candidato oficial ao ingresso. Durante a visita, Scholz confirmou que o presidente ucraniano aceitou participar da próxima cúpula do G7, no final de junho, na Baviera.


Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB