fbpx

‘Cavaram a própria sepultura’, diz polícia sobre casal encontrado em cova rasa

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acharam, na tarde desta quarta-feira (9), duas ossadas humanas no Ramal do Pica-Pau, região do Segundo Distrito de Rio Branco. O crime foi motivado pela guerra de facções.

Os restos mortais são de Lidinalva de Melo Viana, e do namorado dela, José Daniel do Nascimento, assassinados em setembro de 2020. Eles estavam desaparecidos desde então.

Ambos pertenciam a uma organização criminosa com a qual romperam e passaram a integrar outra facção. De acordo com a polícia, Lidinalva e Daniel foram levados até o local do crime e cavaram a própria cova. Em seguida foram mortos a tiros e facadas.

Mesmo a polícia tendo certeza sobre a identidade das vítimas, as ossadas passarão por exames cadavéricos.

Os policiais afirmam ter chegado à cova depois de obter informações e realizar diligências. Até o momento, porém, ninguém foi preso.

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkedin
Share on whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB