Bocalom lança Projeto de Aquisição de Alimentos para 2.800 famílias

A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria municipal de Agropecuária (Seagro), em parceria com a secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), realizou na manhã desta terça-feira (20), no Banco Municipal de Alimentos Ceasa, o lançamento do Projeto de Aquisição de Alimentos Municipal (PAA), que consiste no chamamento dos agricultores locais para o fornecimento de alimentos, para que seja montado o Kit Verde, que será distribuído para as famílias em vulnerabilidade social que residem na capital do Acre.

Nessa primeira etapa, duas cooperativas foram classificadas. Elas realizarão o fornecimento dos alimentos do Kit Verde, que será composto por abóbora, banana, alface, couve, cheiro-verde, mandioca e pimenta de cheiro. A cada semestre, os alimentos serão trocados, acompanhando a época de cada safra.

O prefeito Tião Bocalom, acompanhado pelo assessor especial de Articulação Institucional, Helder Paiva, esteve presente no evento e explicou que o PAA é um programa federal, onde ele, vendo sua relevância resolveu trazer para a capital, destinando mais de R$ 700 mil (setecentos mil reais) para por o projeto em prática.

“É a primeira vez que a prefeitura faz isso, e com recurso próprio. Estou muito feliz com isso. Se Deus quiser, ano que vem vamos ampliar o programa e com isso atender, não só os produtores que vendem seu produto a preço justo, mas também, que esse produto chegue à mesa dos mais necessitados”, reforçou.

“O prefeito repassou R$ 722 mil para a aquisição de alimentos. Estamos beneficiando várias famílias rurais, mas também 2.800 famílias que precisam desse alimento”, disse o secretário da Seagro, Eracides Caetano.

O secretário adjunto da SASDH, Francisco Bezerra, reforçou que o PAA é um programa que já existe, mas que agora foi otimizado, com a participação da Seagro, onde serão beneficiados produtores e famílias em vulnerabilidade social.

“Neste programa, vamos fazer através do CRAS. É por meio dele que as famílias vão poder ser alcançadas em um número aproximado de 2.800”, disse.

A distribuição do Kit Verde será feita toda terça-feira, por meio do CRAS em que a família foi cadastrada. A assistente social da SASDH, Elissandra Sales, que é responsável pelo recebimento e distribuição, também reforçou o procedimento caso alguma família queira realizar o cadastro.

“A secretaria, junto à assistência social, realiza a visita domiciliar e, caso a família se enquadre em vulnerabilidade social, é atendida e contemplada. Mesmo que não esteja no CadÚnico”, explicou.

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB