fbpx

AC: 345 servidores públicos receberam auxílio emergencial indevidamente

Levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Controladoria Geral da União no Acre (CGU) revelou que 345 servidores estaduais e municipais receberam no acre, de forma indevida, a primeira parcela do Auxílio Emergencial em 2021. Os valores pagos a esses servidores ultrapassam R$ 69 mil.

Os números foram divulgados pelo TCE nesta terça-feira (8).

Em julho de 2020, o TCE identificou que foram pagos mais de R$ 2 milhões para 2,7 mil a servidores públicos. A parcela, no entanto, na época, era de R$ 600.

O órgão destacou, porém, a possibilidade de que nem todos os servidores identificados tenham solicitado o pagamento. Isso significa que o CPF do servidor pode ter sido usado indevidamente por outra pessoa. Nesse caso, o funcionário deve ir até uma delegacia registrar um boletim de ocorrência.

Em caso de comprovação de má-fé, o servidor deve devolver o dinheiro.

Servidores da Secom podem estar na lista

Em outubro de 2020, a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) instituiu uma comissão para apurar possível recebimento indevido de auxílio emergencial por parte de servidores do órgão.

A portaria dava prazo de 30 dias para apresentar o relatório da apuração, mas o resultado foi adiado por duas ocasiões.

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkedin
Share on whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB