3 dicas para superar o medo de empreender

3 dicas para superar o medo de empreender
Redação EdiCase

3 dicas para superar o medo de empreender

A trajetória de um empreendedor é rodeada por dificuldades. No entanto, por vezes, alguns obstáculos podem ser criados por ele mesmo. Isso porque, bloqueados por medos e apreensões, algumas pessoas não se permitem evoluir e ir atrás dos seus próprios objetivos.

No contexto do empreendedorismo, essas crenças estão atreladas a diversas formas. “Elas podem estar relacionadas ao dinheiro, por meio de pensamentos como ‘só gente muito inteligente fica rica’, ou mesmo vinculadas à pessoa, como acreditar que ‘eu sou um fracasso’. Esses bloqueios se fortalecem ainda mais dependendo das condições de vida”, aponta Martinha Gondim, empresária, especialista em desenvolvimento pessoal e fundadora de A Vida Que Sonho.

Ainda segundo a profissional, esses tipos de pensamentos estão atrelados às crenças limitantes. “Elas são verdades que nutrimos sobre nós e o mundo, e que muitas vezes absorvemos em nossa criação. O problema aparece quando essas ideias passam a nos controlar, e não podemos deixar isso acontecer”, explica. 

Medos limitam a ação 

Para Martinha Gondim, muitas dessas crenças são mentais, isto é, muros que as pessoas criam em suas mentes. “Às vezes, um obstáculo simples pode se tornar um desafio impossível dependendo de como o interpretamos. Para crescer, precisamos interromper este ciclo e buscar por pensamentos que valorizem nossos sonhos e nós mesmos”, ensina.

A seguir, confira 3 dicas de como evitar esses bloqueios e iniciar seu negócio com mais certezas do que dúvidas. 

1. Busque informação 

Quem tem informação, tem poder. Costumamos nos amedrontar com aquilo que não conhecemos e, portanto, não sabemos lidar. Martinha Gondim afirma que a melhor maneira de enfrentar o medo é, de fato, mergulhando nesse universo. “Não posso mudar o que penso se não aprender sobre o que pode ser diferente. Informe-se sobre o mercado para entender qual é a direção que você procura. Quando mapeamos o terreno, o desafio sempre parece menor”, comenta.

2. Tenha inspirações 

Procurar por histórias empreendedoras de sucesso que começaram de lugares parecidos com o seu é um caminho crucial para encontrar inspiração e autoconfiança, de modo a crescer e dar o próximo passo no negócio. “Essas empreendedoras que tiveram grandes conquistas se tornam referência e funcionam como um motor para que possamos aplicar estratégias na prática. É desse modo que podemos fortalecer o sonho do negócio, afinal, todo o conhecimento do mundo não é suficiente se antes você não for capaz de idealizar a linha de chegada”, diz a especialista em desenvolvimento pessoal. 

3. Troque experiências 

Para Martinha Gondim, expandir seu leque e conviver com sonhos e vivências diferentes das suas é importante para poder entender o seu lugar no mercado e no mundo. “Além da bagagem que adquirimos, quando estamos em contato com outras pessoas, que também buscam alternativas a suas aflições e bloqueios, encontramos a motivação necessária para seguir adiante e enfrentar nossos medos, já que passamos a nos sentir menos sozinhos”, completa a profissional. 

Por Enrico Souto 

Fonte: IG ECONOMIA

Gostou deste artigo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkedin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

© COPYRIGHT O ACRE AGORA.COM – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. SITE DESENVOLVIDO POR R&D – DESIGN GRÁFICO E WEB